Aqui no Brasil, tradições, costumes e coisas de Portugal...  »»»  Coisas da Nossa Terra  «««       
 

 

    Inicio  
       
    Portugal  
       
  Rádio    
       
  Gastronomia    
       
  Curiosidades

 

 

 

 
 

Palavras Soltas

Quem sou eu

“Última Flor do Lácio”… A minha Pátria é a língua Portuguesa!

Bem vindo a este meu espaço, onde eu posso deixar um pouco do muito que sinto e do pouco que sou…

Sou a Ana, nascida e criada na região de  Trás-os-Montes, no Norte de Portugal, no dia 7 de Setembro de 1966. A Natureza, na sua plenitude, fascina-me, desde o campo, à montanha, à fauna, à flora.. Amo rosas vermelhas e amarelas, música, cinema, viagens,

Gosto de escrever, e não vivo um dia sem ler (sou devoradora de livros!) Toda a Literatura Portuguesa me fascina, gosto verdadeiramente das obras de:  Pe. Antonio Vieira, Luís de Camões, Fernando Pessoa, Miguel Torga, Eça de Queirós, Camilo Castelo Branco, Florbela Espanca, Sophia de Mello Breyner Andresen, Alexandre O´Neill, José Saramago...  e também:  Espinoza, Oscar Wild, Charlie Chaplin, Isabel Allende, Augusto Cury,  Carlos D. de Andrade, Clarisse Lispector, Pablo Neruda, Shakespeare, A. Saint Éxupery, Alan Kardec, e tantos outros que, através da sua obra me fizeram rir, chorar, sonhar!  Amo também a literatura que me faz refletir e crescer espiritualmente:  A Bíblia, Os Sermões de P. Antonio Vieira, O Segredo, Queimada Viva, O Monge que vendeu o seu Ferrari, O “Pequeno Principe”, O diário de Anne Frank...

Gosto muito de viajar, desvendar mundos e pessoas. Gosto de transmitir alegria a todos aqueles que me rodeiam, sorrio bastante, mas por vezes tenho meus grandes momentos de tristeza...

Não vivo sem musica, que é, para mim: uma necessidade, uma alegria, uma companhia a todas as horas!  Gospel, Classica (Ravel, Schubert, Bach...) e também musica contemporânea, Andrea Bocelli, Sara Brightman, Kenny G., Queen, Pink Floyd, Celine Dion, Mariah Carey, tudo de Phill Collins, Elton John, Michael Bolton, Chris de Burg, Air Supply, Alessis Brothers, C. Cross, Chicago, Eros Ramazoti, Laura Pausini, Supertramp, Bee Gees, , algumas baladas rock (de Marillion, White Snake e Scorpions), Vanessa da Mata, Maria Rita, Caetano Veloso, Djavan.. Amo o Fado: Mariza, Amália, Carlos do Carmo e também outros cantores Portugueses contemporâneos:  Rui Veloso, André Sardet, Mafalda Veiga...

Agora vem o cinema: Ficção Científica é o meu tema preferido. Todos os filmes de Steven SpielbergTambem gosto de clássicos, os quais não me canso de ver, como as obras de  Shakespeare levadas à tela, Ben-Hur, Casablanca, E o vento levou, ... Houve filmes que me marcaram muito, é o caso de:O silêncio dos inocentes, Titanic, Ghost o Espírito do Amor, Africa Minha, O piano, Chocolate, Shine (um espetáculo de filme, de ator, de representação!), Les uns et les autres, Voando sobre um ninho de cucos, Um violinista no telhado, O ultimo Tango em Paris, A lista de Schindler, O grande ditador... e tantos outros... O meu ator preferido é Antony Hopkins, Denzel Washington, Tom Hanks, Julia Roberts, Will Smith, Robert de Niro, Kevin Costner...

Sou uma mulher, simplesmente mulher. Mulher que sente, que se doa, que chora, que sorri, que luta, que se acalma, que se zanga, que briga com a vida, mas que ama muito a vida, que entristece, que se alegra... Uma mulher que sabe que a vida é feita de pequenos grandes momentos... e que não esquece que o toda a espécie de AMOR É DIVINO (seja esse Amor passional, conjugal, fraterno, amigo...).

Busco em cada dia mais Sabedoria, pois considero que é um dos maiores Bens que podemos alcançar, depois da Felicidade e da Saúde.

O meu sonho é ainda ter “uma casinha branca de varanda... um quintal e uma janela para ver o sol nascer...”. Gosto imenso de artesanato, fazer crochê, bordar, cozinhar! Principalmente pratos típicos da cozinha Portuguesa, nomeadamente, bacalhau. Gosto de comer, beber, dançar, conversar horas e horas sobre coisas profundas e rir com anedotas! Gosto de  vestir jeans com camiseta e salto alto. Acredito em Deus, nas forças do Bem e também nas do Mal.

Gosto do mar, Pela paz que me transmite, a forca energizante que sinto perto dele, pela calma e ao mesmo tempo pela bravura, pela força, pelo azul, pelo verde, pela imensidão, pelo infinito, pela suavidade do seu cheiro (maresia), pelo azul e verde, e por todos os seus tons desde o nascer ao pôr-do-sol..

Gosto de animais:  Todos pelas sua beleza. Mas dois em especial; O cão, pela sua humildade, pela dedicação e pelo amor que dedica ao seu dono. E também o cavalo, pela sua imponente beleza, inteligência e forte personalidade.

Gosto dos dias de Inverno, muito frios, da minha terra, onde por vezes se  fazem sentir 4 graus negativos e de observar o lume a arder na lareira!

Gosto do campo, do ar puro da montanha, das águas calmas, mas também revoltas do rio da minha terra! Da cor azul, verde e preto... das lindas paisagens que só a aldeia me viu nascer possui! Dos  lindos jardins e estátuas da minha cidade onde vivi quase toda a minha vida!

Gosto muito do aromático e puro azeite que o meu Pai fabrica e do bom vinho tinto que ele mesmo também produz!O pão mais delicioso do mundo é o pão rústico feito, pelas mãos de minha Mãe! Aqui lhes quero deixar um palavra de agradecimento pelo carinho, amor  e dedicação.

Amo, do fundo do coração, os meus dois filhos, a minha família!

Já sofri várias injustiças ao longo de minha vida, mas Aquele que está acima de todos nós sempre me acompanhou nos piores momentos, e sei que será sempre a minha força, refúgio e o meu apoio, pois “Ele é meu pastor, nada me faltará!”

 Enfim, sou uma pessoa muito simples, imensamente calma e paciente. Muito amiga dos meus amigos,  sincera, carinhosa, divertida, e... acreditem: possuo um bom coração, apesar de ser curiosa, sempre a querer ter respostas, não vivo com a dúvida... não faço por mal, mas procuro sempre a razão, a origem, o fundamento de tudo – qual filósofo da escola Socratica!... - , sempre a ter um porquê em mente... Virginiana, perfecionista, gosto de corrigir a mim própria e a todos!

Por vezes sou "céu azul", por vezes "tempestade"... Eu sou a Ana...! E a minha pátria é, tão somente, …a Língua Portuguesa, Última Flor do Lácio...!  

Flor do Lácio

Última Flor do Lácio…

meiga e fugidia donzela

Deixaste teu real palácio

Onde, entre todas, eras a mais bela!

 

Última Flor, com inebriante aroma

Abandonaste o berço do Latim…

Para seres de um Povo seu idioma

O qual tem por ti, Amor sem fim! 

 

      Ana Ferreira, 07/11/2009